FeeD

terça-feira, 22 de abril de 2008

Outra dimensão

No meio da multidão o "toc toc" de sempre não deixa de desviar a atenção de alguns. Passo apressado e um olhar determinado. Ofegante e vermelha como só ela poderia imaginar. De repente, pára. Enfia a mão no decote ainda em público, sem se incomodar, de fato, com os outros. Fecha os olhos de modo tão macio quanto as mãos. Sente o prazer de um implacável raio de liberdade invadindo o seu peito, os cabelos no rosto, a brisa leve da manhã corrida da Paulista. Lambe os lábios como quem desperta para o novo. Desce do salto. Ouve o violinista e engasga com uma tragada de fumaça de um cigarro alheio, mas se delicia com tudo aquilo. A vida ali era outra. Intimamente no meio de todos, tendo todos como desconhecidos, tendo todos como amigos, apenas todos.
Pisou em alguns cacos de vidro e se atrasou para a reunião. Sentiu a chuva. Tremeu de emoção. No meio de tantos vai-e-vens, no meio de tanto nervosismo, era apenas mais uma criança a nascer. A sentir.

8 comentários:

Normando Laube Santos disse...

Pra se ver, como somos pequenos perto de multidões.
A cidade traz uma variante quase infinita de possibilidades... Desconhecidos que vemos todos os dias, por que simplesmente estamos acostumados a passar sempre pelos mesmos lugares. E conhecidos tão distantes, que jamais veremos novamente após risadas de fim de semana... Cidade grande, outro espírito!

Muitas vezes nos perdemos dentro de uma selva de pedra uma selva acinzentada, sem vida... Mas que, como um formigueiro, é um berço de milhares de vidas.

Ótimo texto! ^^

Ellensil Calima disse...

Que lindo!
^^

Lembrou o clima do Lacrimosa, conhece?


Beijinhus, linda!
***

Dado Pires disse...

No fórum

http://rpgx.com.br/phpBB3/index.php

temos uma área de contos, e uma área para "disputas literárias" - fora as áreas de RPG e papo furado! Dê uma conferida e junte-se a nós! Meu nick por lá é Flavius 2.0

Abraço!

Turma_do_bairro disse...

Gostei mtu desse =D
belo final *__*

bjuss ;]

Hugo disse...

Hackz chicobuarcando à la Construção.
Ei, a coisa toda está boa. Algumas figuras aí parecem ser indecifráveis.
Continue escrevendo. :*

João Pedro disse...

Tá ... bonito porém esquisito
Cada vez mais hackz como diz o huguxo
Linda...
Miss you...
E você citar decote nos seus contos é o cúmulo XD
love ya

Osmar disse...

caraca... e eu achava q qdo eu tava voltando das baladas da paulista eu brisava o.o'''

maycon disse...

puta brisa meuw

mas ta ótimo
seu poder de descrever cenas é super fodaun!!