FeeD

domingo, 25 de julho de 2010

Rancor

Quanto rancor se guarda em uma alma antes que ela exploda, suma e lhe faça esquecer do autocontrole?

Quantas frustrações, destemperos, decepções, feridas, angústias e raivas conseguem ser contidas antes que a razão resolva fazer greve, a consciência tirar férias, o bom senso lavar as mãos e os apegos sociais sejam jogados num canto escuro do superego que, por sua vez, resolve não mais tentar impedir o inevitável?

Quando chega o momento em que tudo entra em colapso, seu sistema torna-se catártico e você é comandado por nada menos que instintos. Neste instante, tua raiva passa a ser contra tudo e todos, e eles viram seus inimigos, rivais ou os grandes responsáveis pela atual situação.

Odeia tudo, todos, principalmente os que querem te ajudar. Porque não quer ser ajudado, teu Eu desistiu e você quer segui-lo com a fidelidade de um apóstolo e a fibra de um maratonista.

Isso tudo exceto por uma pessoa, que quando vê, ouve a voz ou simplesmente lhe chega o nome aos ouvidos, torna tudo melhor, completo, com algum propósito. Mesmo lhe vindo à cabeça que essa pessoa é a responsável por pela tua atual condição, que poderia ter feito diferente e não se frustrado tanto, ferido tanto, mudado tanto. Mas que independente disso, mantém-se convicto de que faria tudo novamente, e novamente e novamente. Sempre com a intenção de mudar algumas coisas, para que no fim o que não deu certo funcionasse e o que fossem frustrações se convertessem em sorrisos.

2 comentários:

Mrs. Doll disse...

Almost there, partner!
Graças que minha atual situação desconhece esse nível de revolta e que meus dias têm se posto um após o outro cada vez mais suportáveis...
Gostaria que você também parasse de extravazar somente nos textos seus sentimentos... mas entendi... e entendo! Às vezes quem quer ajudar consegue piorar a dura realidade... e a triste situação.
Acho que aprendi isso depois de tanto tomar "marretadas" na cabeça que diziam "foi você quem escolheu esse destino!"!! u_u Aaaahh doce ironia!

Ariel disse...

Mtu bom, mtas verdades...arrepiante...

li até em voz alta, pq soa mtu bem!

vlw pela sua luz...dentre a escuridão de hj!!

bjos...

PS.: esqueceu o Duas Aranhas?? nunk mais vi post nenhum!!...ahseue..